"No Chakra Anahata começamos a aceitar
e amar incondicionalmente.

Realizamos que apesar das diferenças,
tudo é manifestação da perfeição.

Amamos as pessoas, 
amamos a vida pelo o que ela é."

- Swami Satyananda Saraswati

.

A mãe de um amigo meu vai iniciar o tratamento de coquetéis de medicamentos para a hepatite C e está aflita antes mesmo de começar, ele me perguntou se eu poderia dar uma sugestão alternativa para amenizar a ansiedade, os efeitos indesejados e auxiliar em paralelo aos medicamentos, quais alimentos se deve evitar, etc.

 
Terapias Alternativas que Auxiliam
 
A yoga, meditação, ayurveda e a acupuntura são ideais para cuidar da depressão, stress e da baixa do sistema imunológico, fatores diretamente ligados aos sintomas da doença.
 
Recorrendo em paralelo às terapias alternativas você pode amenizar e até curar esses sintomas e ainda por cima alcançar uma maior porcentagem de cura. Apenas tome cuidado ao optar pela homeopatia, pois é preciso ter cautela com as interações medicamentosas.
 
Yoga para Hepatite: Um alongamento abdominal como uma boa espreguiçada seguida de relaxamento em silêncio ao acordar e antes de dormir pode trazer muitos benefícios e pode ser feita mesmo na cama. Já algumas posturas de yoga como   salabhasana, halasana e padahastasana vão ainda mais a fundo massageando e tonificando a região abdominal. Se você não tem experiência com yoga procure uma ajuda inicial com um professor.
 
Ayurveda: Na Ayurveda a hepatite se refere ao termo Kaamala e é considerada um desvio anormal no raktavaha srota (mais ou menos equivalente ao sistema circulatório da medicina ocidental) causada pelo desequilíbrio de Pitta e Kapha. O tratamento vai de acordo a constituição única da pessoa, mas em geral é bom evitar o excesso de sol, alimentos muito fortes e gordurosos. Coloque na sua comida temperos que ao mesmo tempo refrescam e ajudam na digestão como coentro (folhas frescas e sementes em pó), fenogrego, dill, cardamono e açafrão.
 
 
Alimentação & Hepatite
 
EVITAR BUSCAR
  • Alimentos gordurosos para não provocar depósitos de gordura no fígado.
  • Excesso de ferro e proteína, principalmente se apresentar cirrose estabelecida: evite carnes, soja, embutidos, etc.
  • Excesso de sal: substitua-o por condimentos leves ou suco de limão.
  • Evite completamente a ingestão de álcool: é uma toxina muito forte para o fígado e parece até mesmo ser capaz de acelerar a replicação do vírus. Não só as pessoas que bebem muito perdem o tratamento, as que bebem socialmente também correm o mesmo risco. 
  • Remédios, shakes e ervas para emagrecer: eles  sobrecarregam o seu fígado. Em especial o tão popular sene e a efedrina devem ser banidos por completo pois são os campeões no Brasil como causadores de milhares de casos de hepatite medicamentosa.
  • Alimentos de sabor amargo que tonificam o fígado: alho, agrião, alcachofra, chicória, endívias e especialmente cúrcuma*. 
  • Beba Água: ela diminui os efeitos colaterais, porém não se esqueça de que tudo o que ingerimos, inclusive ela, deve ser refinada e filtrada pelo fígado, portanto moderação constante. Carregue uma garrafa com você e beba durante o dia algo como no máximo 4 litros.
  • Manter o seu peso equilibrado: pessoas sem excesso gordura corporal, apresentam uma resposta muito superior ao tratamento. Porém, cuidado, a perda acelerada de peso fará com que a gordura perdida na massa muscular se deposite no fígado, acelerando o processo da esteatose (inflamação devido aos depósitos de gordura). Uma dieta que forneça 10% a menos de calorias do que o usual é a melhor pedida, geralmente em torno de 1800 calorias.
  • Se comprometa em fazer um exercício diário: a caminhada é uma excelente opção, finalize com um alongamento simples e relaxamento.
  • Faça várias pequenas refeições ao longo do dia: é normal que o tratamento possa fazer com que as pessoas diminuam de apetite. Opte por refeições leves com alimentos de fácil digestão.
 
* Super recomendo a cúrcuma, também chamada como açafrão-da-índia. Presente divino da Mãe Natureza: hepato-protetora, anti-viral e anti-inflamatória. Numa pesquisa recente foi constatada inibição de protease do vírus da hepatite B (auxilia no impedimento da replicação do vírus). Você pode encontrar cúrcuma em pó no setor de temperos de um supermercado comum, já o rizoma fresco é mais raro de se encontrar mas se possível deve ser priorizado, seu efeito é mais poderoso pois mantem o princípio ativo mais preservado.
 
Chá de boldo-do-chile, alcachofra e alecrim são ótimos para dar um apoio ao fígado. Mas não tome apenas um tipo todos os dias por um período muito longo, alterne sempre.
 
Dente-de-leão e flor de cardo mariano também são poderosos tônicos hepáticos e são encontrados em farmácias naturais, porém devem ser recomendados por fitoterapeutas.
 
Existem diversas pesquisas que comprovaram a eficácia do chá de picão, para quem não conhece é uma erva daninha fácil de se identificar em qualquer jardim, mas ressalto que também deve ter o acompanhamento de um fitoterapeuta.
 
Hari Om! Divino universo! 
 

Para saber +

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1002428-brasil-aprova-novos-remedios-antivirais-para-tratar-hepatite.shtml

Carlos Varaldo: http://www.hepato.com

http://www.portaldahepatite.com

Antiviral effect of Curcuma longa Linn extract against hepatitis B virus replication

HJ Kim, HS Yoo, JC Kim, CS Park, MS Choi… - Journal of …, 2009 - Elsevier

Protective effect of turmeric (Curcuma longa L.) extract on carbon tetrachloride-induced liver damage in rats.

UR Deshpande, SG Gadre, AS Raste… - Indian journal of …, 1998 – ukpmc.ac.uk

Antiinflammatory and Antiallergic Activity of Bidens pilosa L. var. radiata SCHERFF

M Horiuchi… - Journal of health science, 2006 – J-STAGE

Protective effects of total flavonoids of Bidens pilosa L.(TFB) on animal liver injury and liver fibrosis

LP Yuan, FH Chen, L Ling, PF Dou, H Bo… - Journal of …, 2008 - Elsevier

Livro de P. H. Kulkarni - "Ayurved and Hepatic Disorders."

ॐ Ao utilizar um artigo ou trecho cite a fonte e pratique um bom karma ॐ

Arquivo do Blog

Receba novidades por email