"No Chakra Anahata começamos a aceitar
e amar incondicionalmente.

Realizamos que apesar das diferenças,
tudo é manifestação da perfeição.

Amamos as pessoas, 
amamos a vida pelo o que ela é."

- Swami Satyananda Saraswati

.

medit3

Svatmarama, um sábio yogi indiano do século XIV, afirmou a importância fundamental da respiração no Hatha Yoga Pradipika:

"A vida é o período entre uma respiração e outra, uma pessoa que só meio respira ,  apenas meio vive. Quem respira corretamente, adquira o controle de todo o ser. "

Apesar da respiração ter um papel fundamental em nossas vidas, ela é uma das coisas mais esquecidas. Na vida moderna e apressada, o fato é que raramente as pessoas estão conscientes de sua própria respiração, inconscientes daquilo que as faz viver. Podemos viver sem comida por alguns meses; sem água por alguns dias; mas não podemos viver sem respirar por mais que alguns minutos. No entanto,  esquecemos desse verdadeiro presente que nos acompanha por toda a vida, verdadeiro presente que nos dá vida.

A nossa vontade pode influenciar o jeito que respiramos, o jeito que vivemos, e é isso que os yogis fazem por toda a vida há milênios.  A vontade e atenção sobre o ato de respirar pode definitivamente alterar o rumo de nossa vida, tornando-a mais saudável, equilibrada e consciente sobre cada momento vivido, permitindo-nos viver em nossa plenitude.

Causas da respiração incorreta:

1. Ausência de uma vida natural:

O homem não vive mais de acordo com os ciclos naturais do Universo. Dia após dia, o homem está a criar um ambiente artificial que o leva longe da natureza e da vida real. Demasiada luz artificial, computadores, televisão, estimulantes como a cafeína e cigarro, depressores como o álcool, trocando as noites pelos dias, vivendo enfurnado entre paredes que o impede de receber uma simples brisa fresca no rosto cheia de energia.

Nos velhos tempos, a própria natureza nos demandava utilizar a capacidade total da respiração. Tomemos como exemplo um banho frio no rio. A água fria automaticamente exige uma respiração mais profunda, experimente por si próprio. Mas agora são raros os momentos em que nos libertamos dos aquecedores de água.

Uma brisa fresca dos campos abertos também traz a respiração mais profunda do homem. Mas agora o homem é restringe a maior parte de seus dias – de sua vida - em quartos, carros, escritórios e ambientes repletos de ar condicionado.

Com simples mudanças de hábito, podemos reencontrar esse estado de equilibrio que trará um reflexo positivo em nossa respiração, saúde física e mental.

2.Inatividade:

O homem não caminha mais. Agora há carros, ônibus, motocicletas, elevadores, escadas rolantes e teleféricos para chegar ao nosso destino. Caminhar, a mais simples atividade de interação com a Terra, está com seus dias contados. Na praticidade da vida corrida, esquecemos o quanto prazeiroza pode ser uma simples caminhada. Caminhar nos faz respirar melhor e mais profundamente, porém estamos cada vez mais longe disse nos dias atuais.

3. Postura e tensão:

O homem comum carrega muita tensão sobre si. No dia-a-dia nota-se que o homem carrega um pesado fardo que se reflete em má respiração, má postura e total ausência de saúde.

Um campo férfil para toda sorte de doenças é cultivado por longos períodos de trabalho em uma mesma posição, dentro do carro, no sofá em frente a televisão etc. .  Faltam ao homem os movimentos naturais de seu corpo. 

 

Reaprendendo a respirar:

Para reaprendermos a respirar corretamente, é fundamental relaxarmos a musculatura do abdomen e diafragma. Podemos fazer um exercício simples, deitados no chão ou sentados, repousando as palmas das mãos sobre o umbigo e sentir o movimento natural do abdomen expandindo a cada inspiração e retornando a cada expiração. A simples observação desse movimento natural já é suficiente para aprofundar a nossa respiração.

Se quiser ir mais além, ativamente tome respirações mais profundas e sinta ainda mais a expansão do abdomen em direção às mãos. Gradualmente, deixamos expandir todos os espaços do corpo a cada inspiração - as costas, laterais do corpo, costelas, barriga, como se fosse um grande balão inflando e desinflando.

Uma dica para aprofundar a respiração é expirarmos mais longamente do que inspiramos. Ao expirar completamente, criamos o espaço para uma inspiração mais profunda.

O treinamento da respiração deve ser gradual e suave, não excedendo 5 minutos de prática para o iniciante. Ninguém vai alcançar a plenitude da respiração em um dia ou em uma semana. Como tudo, é questão de treino. Se quisermos alongar a perna, não iremos alongar de uma vez só a ponto de causar um estiramento. Da mesma maneira, para prolongar a respiração temos que observar o conforto entre os ciclos respiratórios, sem nenhuma tensão ou desconforto interno. Se houver algum desses sinais, é o sinal para reduzirmos a intensidade. Paciência e regularidade são a chave para progredir. 

Com poucos dias de prática, podemos observar profundos benefícios, como mais disposição e relaxamento, menos estresse e ansiedade.

Cinco minutos ao acordar e cinco minutos ao dormir de respiração profunda podem alterar o rumo de sua vida. 

Namaste _/\_

 

ॐ Ao utilizar um artigo ou trecho cite a fonte e pratique um bom karma ॐ

Arquivo do Blog

Receba novidades por email