"No Chakra Anahata começamos a aceitar
e amar incondicionalmente.

Realizamos que apesar das diferenças,
tudo é manifestação da perfeição.

Amamos as pessoas, 
amamos a vida pelo o que ela é."

- Swami Satyananda Saraswati

.

Felicidade é uma energia divina que flui livremente.

Para participar desse fluxo de energia vital é preciso DOAR.

Chegar como uma criança mimada e exigir apenas, é inútil. Reclamamos dos problemas, queremos ser felizes, mas não queremos dar nada.

Chegar num lugar e analisar, comer, sugar e ir embora deixando apenas rastros de consumo é algo muito comum nos dias de hoje.

A mensagem de Swami Vivekananda diz tudo, egoísmo é morte. Amor é expansão, é doação. Vamos nos esforçar mais para diluir essa limitação que separa as pessoas das pessoas, da natureza, do divino. Arregaçar as mangas para ir além do serviço social de final de semana, servir no dia a dia, servir cada pessoa que você cruza na rua.

Compartilho uma bela inspiração de Swami Satprakashananda:

'''O amor significa autoexpansão. Quando você ama, já não se sente confinado dentro de seu corpo, mas percebe a si mesmo nos outros também. Assim, o amor desenvolve cada vez mais e você transcende os limites estreitos de família, comunidade, cidade, estado, nação raça, crenças; sim, até mesmo da humanidade, pois finalmente sentir-se-á identificado com todos os seres. Isso é autoexpansão. E quanto mais você se expande, mais vida você terá. Nós sabemos por experiência própria que, quando realizamos qualquer ato de amor desinteressado, sentimo-nos livres e cheios de vida; mas, quando o egoísmo nos pega pelo pescoço, sentimo-nos contraídos e “cercados”. Esse fato foi admiravelmente expresso por Swami Vivekananda:

“Expansão é vida; contração é morte. Amor é vida e egoísmo é morte.”

Aqui está o segredo da vida plena.'''

ॐ Ao utilizar um artigo ou trecho cite a fonte e pratique um bom karma ॐ

Arquivo do Blog

Receba novidades por email